DEUS É “INFINITAMENTE” MAIS...

Texto: João 21.1-14

Link dos SLIDES

Introdução:
Paulo escrevendo aos irmãos da igreja de Éfeso faz a seguinte afirmação: “Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos através de seu poder que opera em nós” (Ef 3.20)

Deus é poderoso para fazer mais, muito mais...

O ano está acabando, estamos já no ultimo mês de 2013. Nesta época do ano as pessoas normalmente fazem uma avaliação, um balancete do ano.

Para uns foi um ano dez. Aprovação do curso sonhado, casamento realizado, o filho tão esperado nasceu, a promoção buscada em uma vida toda.... Que ano legal!

Para outros o ano foi ruim. Muito ruim. Um ano difícil, de perdas irreparáveis, de crises desestabilizadoras. Um ano improdutivo, doloroso, adverso, penoso. Nada deu certo. Tudo deu errado. E o ano está chegando ao seu final deixando aquele gostinho de amargura, de fel... aquela marca de fracasso, de cansaço e que nada de novo aconteceu.

Foi assim que a noite do texto pode ser retratada... um tempo de fracasso, de improdutividade e exaustão. Mas Deus pode mudar isso, afinal ele é poderoso para fazer infinitamente mais.. Deus é sempre mais!


Narração:
Ninguém sai para pecar desejoso de não pegar peixe. Ninguém vai a pescaria para dar banho em minhoca. Tomara que eu não pegue nada hoje rsrsrsr  - ninguém faz isso. A pessoa vai pescar desejosa de pegar o peixe.

Pedro, Tiago, João, e alguns outros discípulos desceram ao Mar da Galiléia, também chamado de Tiberíades para pescar. Trabalharam duro a noite toda. Joga rede, recolhe rede, traz o barco, leva o barco... nada pegaram.  O dia estava raiando e eles não tinham apanhado sequer um peixe. Que frustração. Tudo que sonharam... nada aconteceu.

No alvorecer do dia, quase no apagar das luzes da noite de pesca, um cidadão pede que joguem as redes ao lado direito do barco. E eles o fazem. Apanham 153 grandes peixes.... oh aleluia!
Trabalharam uma noite toda e nada apanharam, mas no finzinho de tudo, perseverantes, eles vêem a história mudar! Você pode ter tido como eles, um ano ruim, improdutivo, fracassado, adverso, sem realizações daquilo que vc desejava... mas o ano ainda não acabou... o dia ainda não raiara, o trabalho não terminara e Deus fez mais... Deus fez muito mais.... Aleluia!

Deus é sempre mais.... diga isso: Deus é sempre mais... Ele faz mais do que pensamos  ou pedimos. Ele faz mais!

Temos aqui três lições básicas no texto pra gente aprender:

1.    A PALAVRA DO DEUS ETERNO É SEMPRE MAIS
Ela é maior que qualquer desanimo na vida. Muitas vezes as tragédias diante dos nossos olhos gritam palavras de assombro e desanimo. Ver o Mestre sendo dilacerado pela crueldade humana não traria outro sentimento. Os discípulos resolvem então que iriam pescar. A pesca novamente não foi bem sucedida. Pela manhã nada haviam conseguido pescar (v.5).
Alguém da praia lhes diz onde jogar as redes, e eles lotam o barco de peixes. Em Lucas 5  temos uma situação semelhante. Imediatamente eles identificam o Senhor. Ouvir a palavra que muda as circunstâncias, que transforma os fracassos em êxito sempre será maior que o desanimo, que as tragédias pelas quais recentemente passaram.


2.    O PODER DO DEUS ETERNO É SEMPRE MAIS
O Poder de Deus é maior que qualquer frustração da jornada
     Não foi apenas o ouvir as ordens do Senhor e lançar as redes em
Obediência a sua voz, mas o pode de Deus que é capaz de subverter todas as coisas na vida dos seus. Uma noite de fracasso, uma memória de tragédia é trocada por uma manhã gloriosa, de vitória e esperança e uma memória grata dos feitos do Senhor. Que poder tremendo. Um poder que se torna aperfeiçoado na fraqueza. O ano pode não ter sido bom, aliás, pode ter sido trágico e as memórias as piores possíveis. A luta parece inócua, luta luta e e nada se consegue. Mas para Deus, basta uma palavra e seu poder transforma mau em bem, fracasso em vitória, memórias amargas em lembranças do favor do Senhor.
Paulo escrevendo aos Efésios faz questão de lembrar que: “Deus é poderoso para fazer infinitamente mais....”

3.     APRESENÇA DO DEUS ETERNO É SEMPRE MAIS
A Presença de Deus é mais preciosa, mais que qualquer outra realidade na caminhada! Ao perceberem que era Jesus o caminhante da praia, os discípulos se agitam... Pedro se atira ao mar. Nada era mais importante, urgente, espetacular do que a presença do Senhor. Um Deus que não está morto, que venceu o maior dos poderes... Pedro se lança em direção a presença de Jesus. Os outros não; porque? Porque a negação de Pedro trouxe ao seu coração uma experiência que os demais não tiveram. A percepção da importanãncia, da essencialidade, de se estar na companhia do Senhor, restaurado, transformado, abneçoado.
Moisés dizia: Se a tua presença não vai conosco...
Deus disse Josué – 1.5: eu estarei contigo...
Salmo 23.4 nos lembra que: “ainda que eu ande pelo vale da sombra e da morte, não temerei... porque tu estás comigo!”

Conclusão:
Há três coisas fundamentais no encerramento do Evangelho de João apresentadas nesta porção:
a.    A Palavra do Senhor
b.    O Poder de Deus
c.    A Presença do Eterno
Que saibamos cultivar, assimilar, e vivenciar cada uma destas realidades especiais em nossa vida, diante das tragédias, desanimo e frustrações. Deus será sempre Mais!


SLIDES

Carlos Jr