O TEMPO NÃO PÁRA

O TEMPO NÃO PÁRA

Texto: Eclesiastes 3.1-7

Introdução: 
Meio século atrás, um grupo de pequenos empresários procurou a industria Suíça, naquela época a maior produtora de relógios do mundo, oferecendo a possibilidade de produzir relógios de quartzo. Os suíços alegaram que não estavam interessados, afinal, detinham o mercado de 98% dos relógios produzidos no mundo. Então, por que mudar?
Aqueles homens procuraram os japoneses. Hoje, 99% dos relógios produzidos no mundo são de quartzo. Os suíços não perceberam os novos tempos e possibilidades. Será que a igreja percebe?


Há um texto em 1 Crõnicas 12.32 que diz sobre a tribo de Issacar...
Neste texto que lemos, Davi selecione os homens que fariam parte do seu staff no reinado. Dentre eles, selecionou 200 jovens da tribo de Issacar, uma tribo quase esquecida de Israel, porque eram “conhecedores de seu tempo e sabiam o que Israel deveria fazer”. 


Este é um dos grandes desafios que temos a enfrentar. Encontrar homens identificados com seu tempo.


Nossa geração está plugada em genética, bio ética, software de última geração, empresas offshore, network, redes sociais, ecossistema. Será que a igreja conhece sua época para saber que estratégia usar para alcançar esta geração?


At 13.36 afirma que “tendo Davi, servido à sua própria geração, adormeceu”. Só podemos servir e tocar uma geração. Qual é a geração que estamos servindo?
Eis algumas características de nossa geração:


 Pluralismo – admite-se vários universos de “verdades”, opiniões divergentes sobre o mesmo assunto são possíveis. Cada um ser abriga uma “pluralidade” de conceitos sobre os mesmos assuntos. O pensamento não é mais homogêneo...ü


 Mobilização – somos uma geração em movimento. Ninguém é de algum lugar. As pessoas saem de suas cidades em busca de educação, melhores oportunidades de emprego e salários. Isto pode ser ruim, mas pode ser também uma chave na evangelização do tempo presente.ü


 Urbanização e migração. Temos que pensar a igreja com uma teologia urbana, e não apenas com a metodologia e sociologia urbana. O que há por detrás do silêncio urbano de nossa teologia?ü
 

Pragmatismo – A pergunta se dirige para o universo da fé: “Isto funciona?”. Esta pergunta traz alternativas, mas também grandes riscos...ü
 

Experiencialismo – se antes a idéia era: “Penso, logo existo”, hoje a questão está mais para: “Sinto, logo me autentico!”. As pessoas gostam de adrenalina e acham que a fé deve ser definida a partir de uma sensação.ü 


 Misticismo – Denominações históricas estão falindo. Esta é uma geração esotérica, com seus desdobramentos mais macabros e perigosos. Geração sensorial. Devemos perguntar que estilo de mensagem vamos usar para alcançar estas pessoas que possuem perguntas tão distintas. “Jesus pregava, segundo a capacidade de seus ouvintes” (Mc 4.33). temos conseguido fazer esta transição para comunicar o evangelho de forma criativa e relevante, sem prejudicar seu conteúdo?ü

 Desconstrucionismo – “Eu prefiro ser, esta metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”. É uma geração que questiona todos paradigmas e padrões. Quantos modelos familiares existem em sua igreja? Um pastor identificou mais de 60 modelos em sua comunidade. Homens e mulher estão confusos quanto aos seus papéis. Será que ainda podemos falar de papéis e funções?ü


 Relativismo – Esta geração não pensa mais com categorias de absolutos. Para este tempo, tudo é relativo, até mesmo esta afirmação que diz que “tudo é relativo!”, isto é, a relatividade do relativismo. Hegel conseguiu questionar todas as coisas filosoficamente, e é isto que nossos filhos aprendem nas universidades. Não existe posição e oposição, nem tese x antítese. Tudo pode ser encontrado na síntese, que integra os opostos e faz a mentira verdade e a verdade, mentira. Dependendo naturalmente de sua percepção e ponto de vista.ü


 Subjetivismo – A verdade não é algo que deve ser encontrado. A verdade não está “lá!”, mas se encontra dentro de cada um. Com a influência das religiões orientais, até Deus é o seu próprio EU. Por isto, apenas precisamos estar coerente com as próprias convicções interiores... A verdade é a verdade de cada um, e não como definia Sócrates ao afirmar que “A Verdade é o que é”.ü 
Qual é o nosso tempo ? Como temos aproveitado o tempo ?


Narração:

Dizem que há tempo para tudo na vida. Se esta afirmação é verdadeira chego à conclusão de que sou único desajustado na vida. Para mim, ao contrário dos outros mortais, meu tempo simplesmente desaparece. Acordo de manhã com uma agenda de coisas para fazer e termino o dia com outra relação de "to do list", completamente cheia, para o dia seguinte. Faz muito tempo que não sei o que é acordar e dizer: "hoje eu não tenho nada para fazer".


O texto bíblico afirma: "Há tempo para todo propósito debaixo do céu". O que isto significa?


Antes de mais nada, é bom observar que o texto não diz que há tempo para tudo, e sim, que há tempo para todo propósito. Em outras palavras: "Se há propósito há tempo". Qual é o propósito da minha vida? Meu tempo será focado nesta direção.

Este texto nos ensina algumas lições:


# É PRECISO SABER VIVER
Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver

Toda pedra do caminho
Você pode retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver

É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
Saber viver, saber viver!


1. Precisamos discernir o tempo - Aprender a lidar sabiamente com o tempo. Por isto o salmista afirma: "Ensina-nos a contar nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios". Paulo também afirma: "Remindo o tempo porque os dias são maus".


Tempo é uma moeda cara e rara. Existem pessoas com o tempo tão escasso que tem mais facilidade para doar dinheiro que algumas horas para um projeto social, ou para alguma atividade filantrópica.


Lee Yacocca, que conseguiu reabilitar a falida chrisler corporation afirma que o homem bem sucedido, que não consegue tempo para si, para descansar e fazer as coisas para seu prazer, na verdade é um homem fracassado. Ele mesmo, apesar de uma agenda cheia, organizava sua agenda para encerrar seu expediente na sexta feira as 18 hs, ir para casa, sem trabalhar e sem ligar seu celular para falar com clientes.


Gordon MacDonald, num excelente livro "ponha em ordem seu mudo interior" afirma que fazer e planejar a agenda com antecedência, ajuda a orientar a ação, caso contrário, pessoas fortes do seu círculo de relacionamento, tenderão a fazer agenda e programa para você.


Certo pastor foi procurado por uma senhora que precisava de aconselhamento, porque seu casamento estava em crise. Ele disse que não podia atendê-la, porque tinha um compromisso naquela noite. Ele não disse o que era, mas tratava-se de uma agenda que fizera com sua esposa de ir ao cinema. Então, como combinado, foi para o shopping, e lá, encontrou aquela mulher que, surpresa lhe disse: "O senhor não disse que tinha um compromisso hoje?" E ele respondeu: "De fato, tinha assumido um compromisso de que levaria minha esposa ao cinema e aqui estamos". Muitas pessoas não consideram importante uma agenda com o filho, familiares, esposas e amigos, se você não organizar sua agenda, outros o farão por você.



# HÁ TEMPO PARA TODO PROPÓSITO
2. O texto não diz, tempo para tudo, mas tempo para todo propósito. O que significa isto?
Muitas pessoas dizem: "Não te liguei porque nao tive tempo". Ora, todos sabemos que uma ligação não deixa de ser feita por ausência detempo, mas porque outras coisas mais importantes, assumiram aquele lugar.

Considere o seguinte:

Se você estiver no final de uma defesa de tese, quando o tempo esta para lá de escasso, e encontrar a namorada pela qual você espera a vida inteira, você vai ou não vai abrir espaço na sua agenda para entrar em contato com ela? E se tiver um “negócio da China?”, uma grande oportunidade financeira? Você acredita que não vai encontrar tempo? Mesmo que sacrifique seu sono ou seu lazer, mas o fará, porque um propósito maior foi encontrado...


Quando dizemos que não temos tempo para ir a igreja, orar, ler a Bíblia, buscara a Deus, na verdade estamos dizendo que estas coisas, estão sendo obscurecidas por propósitos maiores e prioritários em nossa agenda..


Quando a Bíblia fala de propósitos, está se referindo ao foco que é dado. Coloque-o, portanto, no lugar certo. Qual é o seu propósito?


Um conhecido pastor, convidado para conferencias e cuja agenda sempre foi lotada, certo dia conheceu aquela que seria a sua futura esposa. Ele havia sido convidado para pregar na igreja daquela cidade e não aceitou porque não podia assumir mais compromissos, mas por ter começado a namorar aquela garota, naquele ano, mesmo com a agenda lotada, pregou 7 vezes naquela cidade.



# ASSIM COMO AS ESTAÇÕES... O TEMPO MUDA
3. Este texto de Eclesiastes 3, também nos ensina que os tempos mudam, as estações refletem diferentes tonalidades, e que precisamos a aprender a lidar com tais situações. Há tempo de plantar, tempo de colher; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se;tempo de nascer e tempo de morrer... Em outras palavras, a vida tem altos e baixos.


Perdas fazem parte do crescimento... Existe tempo de celebração, e tempo de luto.
Leonardo Boff, no seu excelente artigo, "sobre lutos e perdas", relata a dolorosa experiência de perder uma irmã, com aneurisma, aos 34 anos de idade, dando aulas para alunos do ensino médio. A tragédia atingiu sua família em cheio, mas estando com  a agenda muito cheia de compromissos, resolveu continuar sua vida no mesmo ritmo de atividades, mas depois deste incidente começou a ter desmaios, sem qualquer razão aparente, até que um médico amigo lhe disse que ele não tivera tempo para o luto.


Por esta razão, Jesus fala sobre não andarmos ansiosos por cousa alguma. Existem diferentes estações na vida. Não devemos nos assustar com os dias maus, mas entendermos que existem dias em que vamos ganhar, outros que vamos perder. "Qual de vós, por ansioso que esteja pode acrescentar um côvado ao curso de sua vida?" Há tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou.


Certa fábrica inglesa de casacos coloca na sua etiqueta uma filosofia de vida da companhia: "Estamos há 120 anos no mercado, já experimentamos de tudo, ganhamos muito dinheiro e estivemos à beira da falência por duas vezes, passamos por duas grandes guerras e enfrentamos a Grande depressão econômica de 1929-1932. Se vocês perguntarem porque ainda estamos no mercado diremos que não podemos  perder o próximo capitulo.



# PRIORIDADES CIORRETAS MULTIPLICAM TEMPO
4. Prioridades corretas multiplicam nosso tempo - Se há tempo para todo "propósito", precisamos estabelecer prioridades para alcançá-los. A palavra chave é foco.


Gordon MacDonald afirma que tempo não planejado perde-se no universo de pessoas de tem influência sobre nós. Em outras palavras, se você não faz sua agenda, outras pessoas farão...


Nesta semana, recebi a visita de um jovem empresário no meu escritório. Um dos problemas mais sérios dele é procrastinação. Ele tende a deixar para última hora, e atrasa sempre seu calendário. O resultado é cobrança, descrédito, desconfiança, ineficiência e perda preciosa de tempo e recursos. Ele viu na minha mesa uma estratégia que tenho adotado desde que aprendi com um colega de trabalho quando ainda estava nos Estados Unidos.

Ele fazia um "to do list", e todos os dias ele buscava resolver cada um destes itens. Se não conseguisse, passava para o dia seguinte. Este empresário, então, resolveu adotar a mesma estratégia, e o resultado estava sendo, segundo sua avaliação, impressionante. O simples fato de fazer uma lista o ajudava agora a perseguir seus alvos de forma mais eficiente.

Por não termos foco, perdemos facilmente metas e propósitos. Eu tenho defendido uma tese bastante controvertida, de que pastores deveriam trabalhar apenas 44 horas, e assim seriam mais eficientes. Mas durante este tempo eles teriam que estar no escritório da igreja, sem abrir internet, para estudar a bíblia, orar, fazer ligações para os membros de sua igreja e preparar estudos e sermões.

Certo tempo deveria ser destinado a visitação e atividades externas.  O simples fato de ter um tempo para o foco que se deseja, orienta melhor a agenda e nos faz pessoas mais eficientes nas metas. Nossa avaliação deveria ser feita não em termos de tempo, mas em termos de resultados. Isto mudaria sensivelmente nossas atividades.
Obviamente serei criticado por ser pragmático, e sei que também existem variáveis bem complexas para avaliar, mas certamente tal reflexão poderia ser muito positiva para nós e para o reino de Deus.

Rubem Alves... o Tempo e as Jabuticabas
O TEMPO E AS JABUTICABAS

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver 
daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquela 
menina que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ela 
chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. 
Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir 
quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos.
Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos 
para reverter a miséria do mundo. Não quero que me convidem 
para eventos de um fim de semana com a proposta de abalar o milênio.

Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir
estatutos, normas, procedimentos e regimentos internos.  
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, 
que apesar da idade cronológica, são imaturos.

Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões
 de 'confrontação', onde 'tiramos fatos a limpo'. 
Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo 
majestoso cargo de secretário geral do coral.
Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: 'as pessoas 
não debatem conteúdos, apenas os rótulos'. 
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a 
essência, minha alma tem pressa...
Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente 
humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta
com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não 
foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, 
e deseja tão somente andar ao lado do que é justo.

Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse
amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo.'
O essencial faz a vida valer a pena.




TITÃS – Musica Epitáfio
Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria
E a dor que traz no coração...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar..