SÉRIE: NO MEIO DO CAMINHO TINHA UMA PEDRA... - Parte 1

1. FAÇA DE UMA PEDRA UM LUGAR DE DESCANSO E ENCONTRO COM DEUS

“Partiu Jacó de Berseba e seguiu para Harã. Tendo chegado a certo lugar, ali passou a noite, pois já era sol-posto; tomou uma das PEDRAS do lugar, fê-la de travesseiro e se deitou ali para dormir... Despertado Jacó do seu sono, disse: Na verdade, o Senhor está neste lugar, e eu não sabia. E temendo, disse: Quão terrível é este lugar! É a casa de Deus, é a porta dos céus” (Genesis 28.10-17).

Na vida o que não nos falta são as pedras. Todos nós cedo ou tarde, vamos nos deparar com situações pedregosas, adversas, espinhentas e dolorosas (vide as pedras no rim e na vesícula). Não podemos remover as pedras do caminho, seria um exercício sobremodo desgastante e improdutivo visto que estão por todos os lados. Se não podemos caminhar sem encontrá-las, se não podemos removê-las; podemos, contudo, utilizá-las para fins mais nobres do que meramente um impedimento na jornada.

Jacó vivia um momento adverso. Ele era um fugitivo. Havia usurpado o direito de seu irmão, trapaceado para ter a bênção no seu lugar e por conta de suas armações, teve que fugir para preservar a vida. O queridinho da mamãe estava agora errante, peregrino, sem nada e sozinho. Ao seu lado, somente as pedras do caminho.... “no meio do caminho tinha uma pedra!”

O que fazer neste cenário desolador? Pegue sua pedra e a transforme em lugar de descanso e encontro com o Senhor! Foi isso que Jacó fez. Ele transformou uma daquelas pedras do lugar em apoio para a cabeça, e foi dormir. Impensável... mas foi o que ele fez! Transformou as durezas da caminhada em local de apoio ao descanso.

Mas do que isso. Enquanto sua cabeça reclinada na pedra descansava e seu corpo ao chão no relento relaxava de uma jornada desgastante... Deus revela-lhe algo muito interessante: Deus mostra-lhe os céus! 

Ah... que coisa boa! Deus vem ao trapaceiro, ao usurpador e milongueiro para lhe mostrar o céu! Para muitos, Deus teria que lhe mostrar juízo, severidade, punição, castigo. Mas Deus é Deus e não é como os sentimentos meus e teus. O céu se abre para quem é pecador. As portas divinais se escancaram para quem fugindo de si, de seus erros, numa pedra tenta descansar! Quão terrível é este lugar! O lugar de encontro com Deus!

Jacó nos ensina que é possível aproveitar das pedras do caminho para descansar e para fazer um lugar de encontro com Deus. Se a vida te da limões... faça deles uma limonada! Se a vida te dá pedras... construa uma relação com Deus bem edificada!

Olhe para teu caminho... as vezes solitário como o de Jacó. Olhe para as pedras que a tua volta estão. Descanse sobre elas, porque ao pecador Deus revelará seu grande amor!


Carlos Jr